Predefinição:Noticías/home/conteudo

De WikiRioDoce
Ir para: navegação, pesquisa

Encontro Comunitário[editar]

Sufista-regencia.jpg

Linhares/Regência Ontem 18 de novembro na vila de Regência os surfistas, locais e nativos fizeram um encontro pra discutir as responsabilidades e atuaçao na regeneração do rio Doce. foram discutidos:

  • A participação dos Surfistas locais e nativos nas discussões do ICMBio - Instituto Chico Mendes sobre a mudança da categoria do Parque.
  • a situação da Saúde coletiva da comunidade do surf em relação ao Crime da samarco
  • Sobre a perda do pico dos toneis e boca do rio e a necessidade de abrir outros pontos para a pratica de surf
  • Sobre a importância Comissão dos Atingidos de Regência e da Assessoria Técnica da Foz
  • Sobre a festa de Celebração do Surf em meados de Janeiro

Na oportunidades os reunidos decidiram criar um abaixo assinado reconhecendo a situação dos surfistas atingidos, Que irão participar da ASR na Oficina sobre o parque e anunciaram a criação do Cine Reges de Surf., Organizar para os diritos alcançar!

  1. SomosTodosAtingidos

Seminário Balanço de 2 Anos do Rompimento da Barragem de Fundão:[editar]

VITORIA Entre 06 e 08 de Novembro, na Universidade Federal do Espirito Santo (UFES) ocorreu o Seminário Balanço de 2 Anos do Rompimento da Barragem de Fundão, teve como objetivo apresentar informações e discussões acerca do crime-tragedia que se iniciou em Mariana – Rio Doce no dia 05 de Novembro de 2015, o Seminário criou um espaço para intercâmbio entre Atingidos, movimentos sociais e acadêmicos para discutirem sobre os dois anos que se passaram do Maior crime ambiental do País, o Seminário buscou refletir sobre a situação ampla de territórios afetados por projetos neoextrativistas no Brasil. Diversos Atingidos estavam presentes, Atingidos de cidades de toda a bacia do rio doce, de Mariana a Regência, dos povos tradicionais a vilas de pescadores de Agricultores aos Atingidos Urbanos. O Seminário foi organizado em torno dos seguintes temas: Histórico e balanço político-institucional dos 2 anos Balanço das medidas de reparação Balanço das dinâmicas territoriais Balanço de atuação de corporações e violações de direitos.

Alem dos temas debatidos em mesas, o seminário teve apresentações curtas de grupos de pesquisa, atingidos, estudos, livros, movimentos sociais e organizações da sociedade civil. As apresentações das mesas junto com os debates abertos à participação do público foram sistematizados gerando um documento que foi apresentado como a Carta do Rio Doce, o Seminário teve transmissão ao vivo durante todo o tempo pela pagina do Organon. que merecem todas as saudações por terem organizado esse seminário lindo repleto de informação e aprendizado. o Encerramento foi organizada uma audiência publica.

fotos mesa 1 fotos mesa 2 fotos mesa 3 Entrevista da professora transmissão ao vivo Parte 1 transmissão ao vivo Parte 2 Audiência publica ao Vivo

Cisternas Filtros de Areia e Integração Social na Foz do Rio Doce[editar]

Cisternas areal.jpg

Areal, Foz do Rio Doce 14 a 30 de julho 2017 , Projeto Cisternas, filtros de areia e integracao social na Foz do Rio Doce: foi realizado de 14 a 30 de julho e ocorreu em parceria com o Festival Regenera Rio Doce, uma linda experiência de imersão na comunidade do Areal com muito amor, mão na massa, conversas, oficinas, mutirões, apresentações artistícas e muito aprendizado!!! Foram instalados 5 sistemas para captação e tratamento de água de chuva. $ dos sistemas tem capacidade para 1200 litros e foram instalados em 3 casas e numa Igreja da comunidade e outro sistema com capacidade para 5200 litros foi instalado na escola de Areal. Mais detalhes: [1]
Video: [2]

Marchando pelo rio Doce[editar]

23032557 1762287130480378 6377133862761226872 n.jpg

COLATINA 04 de Novembro de 2017, foi o dia escolhido pelos moradores de Colatina para Lembrar do Triste Crime-Tragedia que se iniciou em Mariana ate o mar de Regência, Dois anos de tristeza para muitos que perderam seus entes queridos, foram 22 mortes Entre esses Trabalhadores, Idosos e Crianças de minas gerais e uma morte na fila da Agua em Colatina marcam a Historia do Maior Crime Ambiental do País, Infelizmente uma avalanche que não para de derramar, pois depois de dois anos os rastros continuam a afetar diversos moradores que estão as margens do rio, Mas o Povo de Colatina não vai deixar esse Crime cair no esquecimento, foram as ruas, ocuparam a ponte e por cima do rio como se fizesse um minuto de silencio tocaram a sirene, e pelos microfones foi chamado o nome de cada um falecido no dia 05 de novembro de 2015. o Ato percorreu pelo centro de Colatina com mais de mil pessoas até o Cais do Centro e as Marges do Doce onde foi lida a Carta do 3º Ato em Favor do Rio Doce criada pelos Pescadores,Comissão dos Atingidos, Associações, Sindicatos, Movimentos e Igrejas que ajudaram a Organizar o Ato.

TRIBUNA LIVRE[editar]

COLATINA No dia 30 de Outubro de 2017, Os atingidos ocupam a Tribuna da Câmara de Vereadores de Colatina, Representados por Teani e Pastor Rogerio vão ate aquela casa de leis para denunciar os dois anos do Crime da Samarco-VALE-BHP ....

3° Manifesto em Favor do Rio Doce[editar]

COLATINA Nos aproximamos dos dois anos do maior Crime ambiental do Brasil, vamos marchar e mostrar o quanto estamos insatisfeitos com a qualidade de nossa água, com a impunidade, com o silêncio daqueles que deveriam estar lutando por nossa qualidade de vida...vem também! Água é vida! #RioDoceVivo #SomosTodosAtingidos #QuantoVale #SOSrioDoce Passados 2 anos, as empresas ainda não indenizaram os afetados e não iniciaram um processo profundo de reparação do Rio Doce. Constituíram de forma vertical e autoritária uma fundação (Renova) cuja atuação tem sido objeto de críticas diversas da população, de cientistas, das Defensorias Públicas e do Ministério Público Federal. Dentre os efeitos nocivos que persistem estão: 1. Comprometimento do abastecimento de água de regiões urbanas que dependem do rio Doce para esta finalidade e de populações ribeirinhas que usavam diretamente a água do rio; 2. Comprometimento de atividades econômicas e de lazer, diversas, dependentes da água e/ou do rio; 3. Mudança drástica no modo de vida de populações tradicionais; 4. Interferência nas relações sociais preexistentes; 5. Efeitos emocionais diversos coletivos e subjetivos. Diante disso convidamos todas e todos para caminhar com nos no dia 04 de Novembro! a concentração será feita na rua Muqui, bairro lace, proximo a Escola Polivalente.

1° Reunião de organização da 3°Romaria das Águas e da Terra[editar]

MARIANA. Realizamos nessa manhã em Ponte Nova, no Centro Pastoral da Região Pastoral Leste, nesta que foi a 1° Reunião de organização da 3°Romaria das Águas e da Terra que será realizada no dia 4 de junho de 2018 em Ponte Nova. Presentes os anfitriões Forania Ponte Nova e os representantes da Província Eclesiástica de MARIANA, das dioceses de Governador Valadares e Itabira/Fabriciano e da Comissão para o Meio Ambiente da Arquidiocese de Mariana. Avançamos na parte da tarde com coma organização do 4°Seminário da Bacia do Rio Doce que acontecerá na EFA Paulo Freire, entre os dias 3 a 5 de novembro, com participação nas celebrações no domingo, 5 de novembro, 2 anos de impunidade do Crime da SAMARCO, nas comunidades de BARRA LONGA, BENTO RODRIGUES E MARIANA.

Festival Regenera Rio Doce | Relatório de Atividades[editar]

Festival-regenera-rio-doce.png

Aproveitamos a proximidade com os dois anos do rompimento da barragem de rejeitos para divulgar o relatório de atividades e destacar a importância de eventos como o Festival Regenera Rio Doce. Temos consciência que o dano provocado pela lama se renova a cada dia, o que exige medidas de regeneração continuadas. Baseados neste princípio, durante dezessete dias no mês de julho o Festival Regenera discutiu, propôs e deu visibilidade a iniciativas de regeneração para as consequências deste desastre socioambiental.
Veja: Relatório de atividades do Festival
Ouça: Playlist Regenera Rio Doce

Grande Ciclo Chega a Baixo Guandu[editar]

Logo Grande Ciclo.png

Depois de participarem do Encontro de Terapias Tradicionais, ocorrido em Valadares, O Grande Ciclo Retoma sua pedalada pelas margens do rio Doce, com uma parada em Baixo Guandu para fortalecer os laços conhecerem um pouco da realidade local e visitar espaços de regeneração, alem disso tiveram tempo para fortalecer a wikiRioDoce com um workshop de edição da plataforma.

Movimentos organizam ato de dois anos do crime do rio Doce[editar]

Reunião pro ato

Na noite do dia 06 de outubro reunirão se no prédio da Mitra diocesana, centro de Colatina, para organização do ato de dois anos do crime do rio Doce, SOMOS TODOS ATINGIDOS! Quanto vale o rio? que ocorrera no dia 04 de Novembro, Sábado com inicio as 08:ooh a concentração esta marcada na rua Muqui, bairro lace, próximo a Escola Polivalente, na semana em que o crime completa dois Anos os Movimentos organizados preparam um Seminário e um Audiência publica pós ato.